1-2-3-4, 5-6-7-8!


Faz quase dois meses que não danço. Mais precisamente, um mês e 20 dias. Digo não oficialmente, pois quem tem a dança no sangue não para nunca. Vai de um cômodo a outro da casa aproveitando cada passo para treinar giros e caminha como se estivesse entrando em um palco iluminado.

Todos os dias alongo meus dedos, estico meus pés e joelhos e relembro algumas sequências das aulas. Dia desses me arrisquei até com as tradicionais sequências de pliés e grand pliés. Desde que danço, todos meus janeiros são assim. (Antes era jazz, hoje ballet clássico).

Dezembro cansa um pouquinho, acabo esquecendo das dessas coisas que tanto me fazem bem. Mas começa o ano e a saudade bate. Treino daqui, treino dali e canso de pensar se não está na hora de voltar. É engraçado como uma vez bailarina, você nunca mais deixa esse lado clássico, polido e refinado da dança.

Pois como diz a bela frase de Nietzsche, "deveríamos considerar perdido cada dia em que não tenhamos dançado pelo menos uma vez". E assim a vida segue e sem perder a contagem... 1-2-3-4, 5-6-7-8!

Comentários

  1. Lindo Roxane!

    Eu também me sinto assim.... chegou Janeiro comecei a contar os dias para as aulas retornarem!
    Volto dia 31/01, mais cedo do que imaginava... e sinto até um alívio.

    E com certeza, uma vez apaixonada pelo clássico... sempre apaixonada.

    Beijo e bom retorno ao ballet!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas