Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2011

Coluna RER 31-01-2011

Imagem
NOVIDADES Começo a Coluna RER de hoje com novidades: a partir dessa semana edito a página de informática e tecnologia do Jornal de Limeira, a INFOTEC. Unir o útil ao agradável, o que eu gosto com o que eu gosto mais ainda! Assim, gostaria de receber sugestões e palpites daquilo que vocês querem ver nessa página, que é publicada semanalmente, no Caderno de Domingo, pelo e-mail roxane@jornaldelimeira.com.br .
AGUACEIRO A semana teve início com chuvas fortes. Árvores caíram, casas destelharam, energia foi e voltou em alguns pontos. Como sempre em janeiro, é rotina correr atrás de estragos que as águas causam pelas ruas. Ligar na Defesa Civil, ligar nos Bombeiros... "Alô, vocês tem registros de problemas com a chuva forte que tá caindo agoraaa?". É sempre assim. Dá pra passar logo esse tempo maluco?
INTENSO Ainda em relação às mudanças climáticas, não está fácil também esse calorão! Tem mais de 15 dias que a temperatura não baixa, é esse calor terrível quase matando a gente. Tem quem…

À sombra de uma árvore...

Imagem
Fotos: Roxane Regly
É inacreditável como cinco minutos podem ser incomparáveis com as demais 23h55m de um mesmo dia, quando passadas embaixo de uma árvore. É como estar cinco minutos sentindo o cuidado de Deus... o vento fresco, o balanço das folhinhas!
Hoje percorri Limeira de um lado a outro, sob um forte sol e um calor terrível! Mas os cinco primeiros minutos dessa corrida foram essenciais para que meu humor fosse "domesticado". Ao sair com o carro, virei a esquina e vi um buraco. Parei para fotografar e fiquei lá, esperando pacientemente o momento oportuno de clicar.

Foram mais ou menos cinco minutos e parecia que eu não estava mais no mesmo bairro de onde saí pouquíssimo tempo antes. O calor se foi. De 35 graus, deve ter caído para menos de 30. Onde eu estava tinha algumas grandes árvores que faziam sombra em todo o quarteirão. Fiquei ali esperando e curtindo a sombra. Uma brisa leve tocando meu rosto, um ar puro para respirar, pássaros cantando.
Respirei fundo algumas vez…

COLUNA RER 24-01-2011

COMEÇA 2011! Depois dos compromissos da virada do ano (e que ano foi 2010!) e do início de janeiro, para mim, agora sim começa 2011. Já passou aquele ritmo lento de começo de ano, as pessoas viajando já voltaram (a maioria) e eu também já tirei alguns dias para descansar. De 15 a 19 de janeiro viajei, foram cinco dias de MUITO SOL, moleza e descanso. Estou muito queimada, muito mesmo! xD
VIDA NOVA Agora, a vida recomeça. E será tudo novo (talvez não tão novo, mas cheio de novidades). Conclui a faculdade e estou efetivada no Jornal de Limeira. Tenho tempo livre para desenvolver novas atividades (que ainda não sei quais, mas já penso em que posso desenvolver).
CHUVAS O ano já começou com desastres naturais. Apesar dos pontos mais afetados não estarem em Limeira, até a cidade aqui sofre com as chuvas. Uma morte já foi registrada, muita destruiçao e a cada temporal árvores caem, morros desabam e danos surgem.
OBRAS Passei hoje pelo Anel Viário, entre o Jardim Glória e o Pq. Res. Olindo de Luca …

BEM VINDO 2011!

Imagem
Bem vindo 2011! O ano que eu não esperei! Mesmo assim te dou as boas vindas e todas as chances de ser tudo aquilo que prometeste! Um ano de sonhos, de felicidades, de mudanças...

Mas por que não te esperei? Aguardei muito o ano que eu entraria para a faculdade, 2007 chegou, passou. Depois o ano que eu buscaria um estágio na área, veio 2008 e eu já trabalhando há alguns dias, fui aprendendo mais do que imaginava. Em seguida, o ano que eu entraria para o novo e melhor emprego que já tive, 2009, o melhor de todos esses anos. E então, o último ano de faculdade, 2010, TCC e fim do estágio. Porém, nunca esperei, desejei ou fiz planos para 2011, o ano que viria após tudo isso.
Em 2010 passei por um processo mega alienante no segundo semestre do ano. Para realizar meu sonho de escrever um livro-reportagem (como projeto do TCC) eu precisei imergir em uma realidade bruta e desumana. Anulei todas as formas de convivência e vivência – namoro já tinha ido pro espaço, esqueci das conversas com amigo…