Postagens

Mostrando postagens de Março, 2011

Da expectativa à realidade

Imagem
O que por muito tempo foi apenas planos, anseios e expectativa, agora é realidade. Estamos a menos de 24 horas de nossa formatura, da MINHA FORMATURA! Amanhã, neste mesmo horário, provavelmente estarei sentada (ou em pé, quem sabe?!) na cadeira reservada aos formandos. Metidos em becas, canudo em mãos, capelo na cabeça e uma boa dose de emoções pulsando no peito.
Sempre tive o anseio de participar da comissão de formatura. Sabia as dores e delícias que ia encontrar. Mas acima de tudo, queria emplacar nesse evento toda a determinação e boa vontade que tinha. Queria saber que ao final todos passariam bons momentos, fruto de um trabalho árduo e empenhado. E é isso que tenho (temos, quando digo em nome da equipe) a dizer: fizemos todas as coisas com o coração fixado em uma só meta, de proporcionar um belíssimo evento, que marcasse a história de cada um somente com boas lembranças.


Passei uma semana cheia de expectativas e principalmente muito ansiosa. Contei cada dia e me desdobrei para dar…

Assalto na bomba

Se tem algo que tem me assustado nos últimos dias é trafegar pela cidade e acompanhar o aumento diário e progressivo dos preços nos postos de combustível. Não bastasse os altos valores pagos pelo litro de gasolina, agora é o álcool que sobe sem controle. A situação atormenta qualquer motorista que utiliza diariamente um veículo próprio para transporte.
Se abastecer nunca foi tarefa fácil no meu orçamento, quem dirá agora. Por último, entrei num posto próximo à minha casa, onde sempre abasteço e estou acostumada com preços rasoáveis, nem os mais baratos, nem os mais caros. Tomei um susto e fiquei com uma sensação de estar sendo sutilmente lesada. O litro do álcool já estava em 2,19 e o da gasolina 2,67. Faltou coragem. Abasteci apenas R$ 10 e sai em busca de outro posto.
Um verdadeiro assalto.

Esperamos a sra. Dilma agir. Acho que é o único jeito e algo mudar. Do contrário, meios de chegar ao trabalho e demais atividades terão que ser repensados. Para alguns, como eu, que moram um bocad…