Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2011

este ano o verão acabou mais cedo

Imagem
Passou uma semana. Sexta passada acordei reflexiva, pensando a respeito de como foi 2011. Apesar das coisas boas, não consegui não lembrar de tantas coisas ruins que me aconteceram. Foi um ano triste, assim defino. Me vieram à mente as perdas. Foi um ano tão doloroso. Amados tão queridos nos deixaram. Às vezes de maneira previsível, às vezes sem dar aviso. Ainda lembro dos seus rostos e fico pensando o que faria se eles estivessem aqui.
Pensei no texto de despedida de 2011 que escreveria para o blog e o que desejaria para 2012. Só uma frase veio à minha cabeça e então fiz um pedido... que 2011 terminasse sem perdas, simplesmente. Eu sentia uma agonia, queria ir à academia, esticar o corpo e esquecer aquele sentimento ruim. Mas algo me prendia, aquele choro apertado no meio da garganta. Me lembrava que há duas semanas queria encontrar lá um amigo, para papear à toa, coisas que deixamos de falar da última vez que nos vimos e que ele prometeu me ligar.
Decidi sair daquele quarto, peguei me…