Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2008

Nem o lanche da cantina

Imagem
Me lembro há alguns anos atrás quando eu, já me tornando uma moça responsável e com ideais para o futuro resolvi fazer uma conta poupança, para guardar os trocadinhos que eu ganhava pelas horinhas de monitoria que eu dava na CBI.
Fiz o CPF, enchi o saco dos meus pais fazendo eles irem várias vezes à agência até que desse certo... Mas o que me recordo bem é de um momento que eu disse ao atendende que estava fazendo os papéis para mim - quero ter um cartão de crédito! - e dei risada, pois era apenas uma brincadeira. Ele muito sem graça me disse que cartões eram apenas para maiores de idade.
No fundo a minha brincadeira tinha fundamento, quem - em especial mulher - nunca sonhou com um cartão sem limites? Ainda mais na época dos meus 15 anos. Eu era aquela adolescente típica: patricinha ao estilo Barbie, net e bate-papos era o canal, programa predileto Shopping... Eu desejava que meu pai me desse um cartão, para eu gastar com o que quisesse. Mas claro, sonhos, somente sonhos.
Mas esta semana…

A volta por cima vem na continuação

Imagem
Passei uma semana literalmente chata! E pra hoje, vou postar partes de uma música na qual eu pensei durante as coisas chatas que aconteceram.


Charlie Brown Jr - Pontes Indestrutíveis
Buscando um novo rumo que faça sentido nesse mundo louco com o coração partido. Tomo cuidado para que os desequilibrados não abalem minha fé pra eu enfrentar com otimismo essa loucura (...) Não menospreze o dever que a consciência te impõe não deixe pra depois valorize a vida (...)

Resgate suas forças e se sinta bem, rompendo a sombra da própria loucura. Cuide de quem corre do seu lado e de quem te quer bem, essa é a coisa mais pura (...) Eu faço da dificuldade a minha motivação. A volta por cima, vem na continuação. O que se leva dessa vida é o que se vive o que se faz. Saber muito é muito pouco, "Stay Will" estejam e paz.
O que importa é se sentir bem, o que importa é fazer o bem (...)

Viver, viver e ser livre...
Saber dar valor para as coisas mais simples.
Só o amor constrói pontes indestrutíveis!



Fi…