Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2009

lá se foi 2009...

Imagem
Faltam menos de cinco horas para acabar o último dia de 2009, um ano de realizações. Todos os anos desejamos isso, mas nem sempre os dias são diferentes e repletos exatamente daquilo que sempre pedimos: realizações. Mas dessa vez, parece que sai da rotina e ao olhar para trás só posso agradecer demais a Deus por este ano. Foi completamente demais.

Fiz muitas coisas ao longo deste ano, conheci várias pessoas, participei de diversas atividades diferentes e fiz coisas que desejava. Mudei de emprego, de vida, de atitude, comecei a malhar, voltei a dançar e mudei muitas outras coisas. Muitas também deixei de fazer, ainda que tivesse vontade. Conheci altos e baixos, me entreguei a deslizes, quase aprontei o que não devia (ou aprontei! =x).

Alguns fatos importantes: me tornei repórter do Jornal de Limeira, mudei de igreja, mudei de novo e me encontrei, fui ao cinema (MUITAS vezes) e assisti filmes em casa também, malhei religiosamente ao longo do ano, voltei ao Jazz Dance, um acampamento mudou…

Felicidades

Imagem
Hoje é aniversário de casamento dos meus pais. São mais de 20 anos, não muitos mais, mas são. Só quero mesmo desejar que todos esse anos possam servir de base para muitos outros que venham a seguir. Que prevaleça o amor, a compreensão, a tolerância e reciprocidade. Que Deus abençoe essa união e lhes dê a cada dia mais bençãos juntos.

Amo vocês!




 "Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nEle e o mais Ele fará" Salmos 37:5

A Princesa e o Sapo

Imagem
Hoje fui ao cinema assistir a mais uma animação do mundo Disney. Minha mãe, como boa professora de pré-escola, adora desenhos de todos os tipos e espécies e me fez companhia a mais um de nossos tradicionais programas de férias. A Princesa e o Sapo estreou na última sexta-feira, dia 11. Na animação, Tiana, uma jovem afro-americana, protagoniza a mais nova princesa da Disney.
A história, que se passa na cidade de Nova Orleans, berço do jazz, é uma aventura, que segundo a sinopse, "do coração dos místicos pântanos da Louisiana e às margens do poderoso rio Mississippi chega uma história de amor inesquecível, com a participação de um cocrodilo cantor, com toques de vudu e os encantos da cultura Cajun".

OPINIÃO Tive a sensação de Dejavù ao assistir o longa-metragem. É um típico desenho da Disney, exatamente como eles eram quando eu tinha seis anos de idade. Sem efeitos especiais, inovações tecnológicas ou um roteiro novo e criativo, elementos de sempre apareceram: a menina pobre, fil…

Fim de Ano

Então é Natal... E o Ano Novo também...

E mais uma vez o ano passou e eu nem percebi, dezembro chegou e já estamos na metade do mês e sequer notei. Como sempre, dezembro é estressante, corrido e cheio de compromissos, por isso, acaba voando e logo já é Natal, já é Réveillon, já é e já era.

Ainda não pensei no presente da minha mãe, do meu pai e nem do Samuca. Na verdade não pensei nem no meu (rsrs). A única coisa que fizemos dia desses foi montar nossa árvore de Natal, agora renovada, com novas bolas e lacinhos.

Tem tantas coisas que eu quero fazer em meu período de folga, mas não está dando tempo. Estou pedindo a todo tempo a Deus pra acabar tudo logo. Eu só quero sentar e escrever minhas coisas, diagramar outras que há tempos está pendente, arrumar meu quarto, meu guarda-roupa, ler livros que emprestei e comprei, ou uma revista que sou assinante e que ainda não abri para ver seu conteúdo.

Bom, mais uma semana e (acho que) tudo se resolve. Tomara!

À partir do dia 26 eu começo a retrospect…

o que é um presente perfeito

Imagem
Essa semana a Aline Bicudo postou um texto no jornalistas.blog.br, falando da "maldita inclusão digital". Concordei com ela em todos os aspectos e senti que o texto só vinha para reforçar aquilo que eu já achava. A Internet tem sim que chegar a todos, mas é preciso consciência daquilo que será colocado na web. Eu sempre digo isso, que precisamos aprender a gerar menos lixo virtual e mais conteúdo decente.

Hoje, de bobeira resolvi fazer uma pesquisa besta o Google. Com a aproximação do Natal, surgiu a preocupação: o que presentear, no caso ao meu namorado, o membro da família mais recém chegado e que, portanto, ainda não tenho a perfeita noção do que agradá-lo. Tá, basta dar uma volta pelas lojas que tenho a minha disposição, de acordo com a minha possibilidade e isso se resolve. Nada melhor que ir a campo e descobrir uma infinidade de coisas legais, mas eu apenas me dei ao luxo de me render à tentação chamada Internet e prolongar os minutinhos por aqui com uma busca boba.

Po…