olha ele...

Faz frio lá fora. O vento corta as bochechas e atesta: o Inverno chegou. Já há alguns dias que ele está por aí, sondando as casas, mas insistia em se comportar como um primo distante, visitante dos meses mais quentes e ensolarados, nos fazendo duvidar que ele estava em meio a nós. Um verso declamado, pedia sua aparição. Agora poucos panos já não bastam, mas dá lugar à extravagância, ao lenços e cachecóis. Se agasalha bem, hein. Disse a mãe. Tá bom, mãe, tá bom!

Foto daqui.
A custo rompe o sol; a custo invade 
O espaço todo branco; e a luz brilhante 
Fulge através do espesso nevoeiro, 
Como através de um véu fulge o diamante.
(Manhã de Inverno - Machado de Assis)

Comentários

Postagens mais visitadas