Assalto na bomba

Se tem algo que tem me assustado nos últimos dias é trafegar pela cidade e acompanhar o aumento diário e progressivo dos preços nos postos de combustível. Não bastasse os altos valores pagos pelo litro de gasolina, agora é o álcool que sobe sem controle. A situação atormenta qualquer motorista que utiliza diariamente um veículo próprio para transporte.

Se abastecer nunca foi tarefa fácil no meu orçamento, quem dirá agora. Por último, entrei num posto próximo à minha casa, onde sempre abasteço e estou acostumada com preços rasoáveis, nem os mais baratos, nem os mais caros. Tomei um susto e fiquei com uma sensação de estar sendo sutilmente lesada. O litro do álcool já estava em 2,19 e o da gasolina 2,67. Faltou coragem. Abasteci apenas R$ 10 e sai em busca de outro posto.

Um verdadeiro assalto.

Esperamos a sra. Dilma agir. Acho que é o único jeito e algo mudar. Do contrário, meios de chegar ao trabalho e demais atividades terão que ser repensados. Para alguns, como eu, que moram um bocado longe vai ser mais difícil.

Fico na esperança.

Comentários

Postagens mais visitadas