Lições de amor ao próximo

Artigo baseado na elaboração da reportagem Mensagem de fé aquece noite nas ruas produzida pela jornalista Stefanie Archilli, que participei fazendo as fotografias.
Muitos de nós nos acostumamos a viver reclamando. Da vida, do e-mail que não chega, do passeio que foi cancelado... E quanto às coisas boas que nos acontecem? Simplesmente passam batidas. Nos esquecemos de ser gratos por elas. Você pode estar se perguntando por que comecei falando a respeito disso. Quero contar uma lição de vida, amor, fé e gratidão que tive esta semana.

Acompanhando a produção da reportagem com os Mensageiros da Noite, abri meus olhos para uma necessidade: a de amar o próximo. O que motiva pessoas a deixarem suas casas em noites frias para percorrer a cidade em busca de andarilhos, senão o mandamento de amar ao próximo?

Com brilho nos olhos, cada um do grupo mostra prazer em trabalhar pela causa. As pessoas que visitamos ensinaram a não julgar as razões do próximo, que às vezes é necessário abraçar a missão que nos foi dada, sem reclamar, apenas com fé. Aprendi a valorizar o carinho e companheirismo, ter fé independente das circunstâncias.

É impossível ficar indiferente à lição. Enquanto muitos de nós passamos nossos dias lamentando e odiando a vida confortável que temos, mesmo com vastas oportunidades de crescimento e expansão, pessoas dormem nas ruas, se alimentam e se vestem com doações, contudo agradecendo cada coisa que têm.

A cada dia precisamos aprender que nossas dificuldades são em sua maioria pequenas, se pesarmos bem, nossas alegrias e sucessos superam de maneira extravagante as infelicidades.

Devemos nos dispor a pregar com atitudes que a existência é superior à futilidade a qual costumamos recorrer em nosso dia a dia. Se doar, muitas vezes, é o caminho principal para a felicidade, que podemos traçar por meio do amor.

Comentários

Postagens mais visitadas