Coluna RER 1-12-2008

Hoje a Coluna RER falará de saúde...

SAÚDE
Dia Mundial da Luta contra a AIDS


O Dia Mundial de Luta contra a Aids é comemorado hoje, dia 1º de dezembro. A data foi criada pela Assembléia Mundial da Saúde, em 1987, com o apoio da Organização Mundial da Saúde, em solidariedade às pessoas que vivem com o vírus HIV. Nesta data muitas instituições relembrando a importância da prevenção, visto que é uma doença que não em cura e que o tratamento é difícil e muitas vezes não previne o pior: a morte. É o que acontece com o Serviço Especializado em Moléstias Infecto-contagiosas de Limeira (Semil), que aproveita o momento para pensar em soluções para evitar novas infecções da doença, além de melhorar a qualidade de vida das pessoas que convivem com ela.
O tema proposto para esse ano, pelas instituições ligadas ao assunto, é a prevenção da doença em homens acima de 50 anos de idade. A idéia é levar informações sobre as formas de contaminação e a prevenção nessa parcela da população, que têm mostrado números preocupantes de casos. O Semil realizará atividades preventivas voltadas ao tema, por meio da ampliação ao acesso a informações e preservativos durante bailes e encontros dos locais que recebem o público alvo da campanha.



O SÍMBOLO DO LAÇO
O Laço Vermelho é símbolo mundial da solidariedade na luta contra a AIDS, colocado sempre em locais públicos em diversas partes do mundo, para dar visibilidade a este dia, sensibilizando a população e reforçando a luta contra a doença. Em Limeira, o Laço foi instalado na Câmara dos Vereadores e ficará exposto até amanhã, dia 2.

SAÚDE
Descobertos os vilões da enxaqueca




Ao investigar os fatores que desencadeiam a enxaqueca, um novo estudo feito com 200 pacientes revelou que 83,5% apontaram algum fator relacionado à dieta - sendo o jejum mais recorrente, seguido do álcool e do chocolate. Os problemas com o sono foram relatados por 81% dos entrevistados e 64% associaram a enxaqueca ao estresse.
A pesquisa foi realizada por estudantes de medicina da Liga da Cefaléia da Escola de Medicina do ABC e coordenada por Mario Fernando Prieto Peres, professor do Departamento de Neurologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e pesquisador sênior do Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein, em São Paulo.

Continue lendo no “Diário da Saúde”...

Um abraço à todos... E se cuidem, por favor hein?

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas