Cidadã do mundo | Citizen of the World [english version is below]

Lágrimas encheram meus olhos quando o trem de pouso daquele avião tocou o solo inglês, às 13:50, horário de Londres. Em meio a palmas dos passageiros, que comemoravam o sucesso do voo, meu coração se enchia de esperança para a vida nova que ali começava. Eu estava na Inglaterra, eu estava na Europa. Caminhei rumo à imigração. Bem vinda a Londres. Bem vinda ao primeiro dia da realização do seu sonho!

Isso foi um ano atrás.

Certo dia da minha vida eu inventei que queria morar fora, em outro país, outra língua, outra cultura. Sozinha. Ver gente nova, lugar novo. Viver diferente. De todas as incertezas, eu sabia apenas que se fosse, eu não voltaria igual. Eu voltaria transformada, jamais seria a mesma.

Há um ano que acordei de mala feita, passagem na mão e parti.

Atravessei aquele portão de embarque em meio à tristeza e choro pelo que ficava traz, mas cheia de alegria, esperança e muita ansiedade pelo que estava por vir.

Em 27 de junho de 2013 eu pisei em Londres, na Inglaterra, Reino Unido. Meu destino final foi Ashburnham Place, ao sudeste do país.

Eu sonhava com intercâmbio, mas troquei a ideia pelo voluntariado em uma comunidade cristã internacional.

E foi então que me tornei cidadã do mundo!

Meu coração ganhou uma segunda nacionalidade, novos costumes e hábitos.

Passei a viver e entender culturas variadas, ouvir uma porção de línguas em curtos espaços de tempo e pequenas salas, ver lugares tão diferentes, experimentar sensações desconhecidas, cuidar de mim, do próximo, de um terceiro, ouvir histórias, muitas histórias, ouvir de desabafos a piadas, rir sinceramente.

Tudo começou quando abri mão do meu sonho para receber o sonho que nasceu no coração de Deus. Não foi nada como primeiramente eu pensei, mas foi tudo como pedi: especial, importante e enriquecedor.

Eu decidi servir ao próximo, servir ao Reino de Deus. E Ele me acrescentou seus mimos, seus regalos. Ele encheu minha vida de mais, mais, muito mais... Abundantemente além do que pedi ou pensei! Ele me levou a lugares lindos e incríveis, momentos divertidos, tempo precioso, pessoas com histórias de vida mais importantes que qualquer lição. Uma EXTRAVAGÂNCIA de vida!



Hoje já estou de volta. Há dois meses e meio voltei a pisar em solo brasileiro e repetiu-se o sentimento. Lágrimas nos olhos, porque aqui há esperança mais uma vez. Para uma vida inteira pela frente!

Porque agora que não sou mais a mesma. Ainda estou a processar tudo que vivi. A gente não volta a ser o mesmo, eu não disse isso antes? Pois assim vamos nos moldando à vida antiga, que parece ter tido uma pausa por aqui e continuado em um tempo paralelo por ali...



Citizen of the World!
Tears filled my eyes when the airplane landing gear touched English floor, at 1:50PM, London time. Between the passenger clapping, celebrating the successfully flight, my heart has been filled with hope about the new life was starting. I was in England, I was in Europe. I walked to the immigration. Welcome to London. Welcome to the first day of your dreams becoming true!

It was one year ago.

Certain day in my life I decided I would like to live abroad, another country, another culture. Alone. To see new people, new places. To live different. Of all uncertainties, I just knew that if I go, I would never come back the same. I would come back changed, transformed, I would never be the same.

There’s one year I woke up with my luggage ready, tickets on hands and left.

I crossed that boarding gate among sadness and crying because of what I was leaving, but full of happiness, hope and a lot of anxiousness about what was coming.

In 27 of June of 2013 I step in London, in England, United Kingdom. My final destiny was Ashburnham Place, on the south east of the country.

I dreamed with an exchange program, but I switched the idea for a volunteer program in a international Christian community.

And so, I became a citizen of the world!

My heart received a second nationality, new habits and traditions.

I started to live and understand a variety of cultures, listen many different languages in a short time and space, see so different places, experience unknown feelings, take care of myself, of my neighbor, of the next one, listen to stories, many stories, listen to cries and jokes, laugh honestly.

Everything started when I decided to gave up of my dream to receive a dream that has born in God’s heart. Nothing happen like I first thought, but everything was exactly like I asked: special, important and rewarding.

I decided to serve the next, to serve the Kingdom of God. And so, He gave me his gifts. He filled my life with more and more, much more…

Immeasurably more than all I ask or imagine! He drove me to beautiful and amazing places, funny moments, precious time, people with life stories more important than any lesson. AN EXTRAVAGANT LIFE!



Today I’m already back home. There’s two and a half months a stepped again Brazilian floor and the feeling repeat. Tears on my eyes, because here there’s hope one more time, for throughout life!


Because now I’m not the same. I’m still processing everything I have lived. We don’t come back the same, haven’t I said before? So, we keep shaping our lives to the old life. It looks like just have had a pause here and keep going in a parallel time there…

Comentários

Postagens mais visitadas